Vale mais a pena ter carro ou andar de carro de aplicativo?

Se você está gastando muito com seu carro ou está pensando em comprar um carro próprio, confira nosso artigo e veja se realmente vale a pena ou se andar com carro de aplicativo está saindo mais barato.

Todo mundo que está tentando organizar as finanças, economizar e fazer o dinheiro render mais já passou ou vai passar por um momento reflexivo e fez a seguinte pergunta: “pra onde vai o meu dinheiro?” Entre as principais respostas estão: alimentação, moradia e transporte. Aliás, segundo o IBGE, os gastos dos brasileiros com transporte têm quase o mesmo valor que os custos de alimentação, cada um ocupando entre 16 e 22% da renda dos brasileiros, variando de estado para estado. 

Diante disso, se você está entrando para o clube dos que querem economizar e não vê possibilidades de cortar custos de alimentação, está na hora de se perguntar se vale a pena ter um carro. Para te ajudar a decidir se ter carro vale a pena, nós preparamos um artigo com todas vantagens e desvantagens de ter um automóvel, os principais custos de um carro e os benefícios de usar carros de aplicativo e outros meios de transporte alternativos.

Vale a pena ter carro hoje em dia?

Considerando que o transporte é a segunda categoria na qual os brasileiros mais gastam dinheiro, escolher o meio de locomoção mais barato influencia diretamente na economia doméstica. Por isso é importante refletir se, para você, realmente vale a pena ter um carro. 

A resposta rápida para essa pergunta é: depende da distância que você percorre no seu dia a dia e, consequentemente, o custo que você tem com combustível. Mas combustível não é o único custo de um carro. Quem tem carro próprio, anualmente precisa pagar IPVA, seguro, revisão completa e cuidados básicos. Além disso, você precisa pensar em outros gastos como estacionamento e alguns imprevistos como multas ou consertos.

Mesmo com todos os gastos de um automóvel, às vezes usar um carro de aplicativo para substituir seu carro próprio pode acabar saindo muito mais caro. Isso porque o quilômetro rodado de um Uber ou táxi é maior que o custo do combustível por exemplo e, se você precisar rodar muitos quilômetros, essa diferença vai pesar no bolso. Porém, se a distância que você percorre por dia não for muito grande, essa diferença de valor acaba sendo melhor do que os gastos fixos e a dor de cabeça que um carro pode dar.

Quais são os gatos de ter um carro próprio?

Como já citamos, são vários os custos com um carro, além do combustível, entram na conta os impostos, seguro e manutenção. Para te ajudar a ter mais clareza, vamos comentar os principais a seguir.

IPVA e Seguro

IPVA é um gasto obrigatório para toda pessoa que tem um veículo próprio. Ele varia de acordo com o seu estado, o modelo e ano do seu carro. Além disso, existe o custo fixo do seguro obrigatório DPVAT e do seguro opcional contra acidentes. Este, mesmo não sendo obrigatório, é muito importante e pode ser bastante vantajoso para quem precisa muito do carro no dia a dia.

Combustível

O seu gasto mensal com combustível vai variar de acordo com o preço da gasolina ou etanol e também com a quilometragem que você roda. Para saber calcular, descubra a distância percorrida por você mensalmente, divida pelo consumo de combustível do seu carro e depois multiplique pelo valor do litro de combustível. Por exemplo: se você percorre 600km por mês e o consumo médio do seu carro é de 10km/L seu consumo mensal é de 60 litros. Considerando o preço da gasolina em R$ 4,70, seu custo total com combustível por mês seria de R$ 282,00.

Manutenção

Em geral as pessoas pensam que manutenção do carro está diretamente ligada a consertos. Porém, existem custos fixos de manutenção como troca de pneus, óleo e discos de freio, por exemplo. Infelizmente, para isso não existe fórmula mágica, pois o desgaste do carro depende de vários fatores como o quanto você roda, o tipo de asfalto por onde você circula, quanto tempo tem o carro e também a quantidade de quilômetros já rodados.

Gastos Extras

Além do IPVA, seguro do veículo, manutenção e combustível, alguns motoristas têm gastos recorrentes com estacionamento, por exemplo. Sem falar de imprevistos como consertos ou multas, que são custos que ninguém quer ter, é claro.

Quais as vantagens de ter carro próprio?

As vantagens e desvantagens do automóvel são bastante relativas. Isso porque a percepção de benefício vai depender muito da frequência com que você usa o carro, a distância que você percorre e o conforto e independência que você valoriza. Ter um carro pode ser muito vantajoso em algumas situações:

Se você percorre longas distâncias

Para quem precisa se deslocar por uma distância muito grande todo dia, o carro pode ser mais rápido e mais confortável que o transporte coletivo, além de ficar mais econômico do que um carro de aplicativo, que só compensa para quem não precisa se deslocar muito.

Se você viaja com frequência

Outro caso onde ter um carro pode ser muito cômodo é se você viaja com frequência. Precisar pegar ônibus ou alugar um carro toda vez que desejar passar um fim de semana na praia ou fazer um programa diferente com a família pode acabar saindo muito caro.

Se você tem filhos ou dependentes que não saem sozinhos

Se você tem filhos pequenos ou pais idosos e prefere que eles não usem transporte coletivo ou carros de aplicativo, ter um carro próprio pode realmente ser a opção mais segura e confortável.

Como os benefícios do carro variam de acordo com o contexto, as desvantagens também.

Quais as desvantagens de ter um carro próprio?

Você mora perto do trabalho

Se você não precisa se deslocar muito para chegar ao trabalho, vale mais a pena tentar ir a pé, bicicleta, usar transporte coletivo e, em dias de chuva ou atraso, se permitir usar um carro de aplicativo. Assim, além de economizar, você colabora com a preservação do meio ambiente.

Gosta de tomar bebidas alcoólicas quando sai

Todo mundo sabe que bebida e direção não combinam em hipótese alguma, né? Por isso, nesses casos, é sempre melhor usar um carro de aplicativo ou pegar uma carona. Aproveite o happy hour ou aquela balada com os amigos sem precisar esquentar a cabeça.

Se precisa pagar estacionamento

Aqui, vale contar se você precisa pagar estacionamento no trabalho, aluguel de garagem na sua residência e até o custo de estacionamento em via pública na sua cidade. Para quem não tem longas distâncias para percorrer e pode fugir para os carros de aplicativo ou transporte coletivo, ter um carro e gastar mensalmente com estacionamento não compensa.

Assim como ter um carro, escolher usar apenas carros de aplicativo como meio de transporte pode ser vantajoso em alguns casos e não valer a pena em outros.

Quais as vantagens de andar com carro de aplicativo?

Você percorre distâncias curtas

O valor do quilômetro rodado em carros de aplicativo é maior do que em um carro próprio. Porém, esse custo pode valer a pena se você se desloca apenas poucos quilômetros por dia. Nesse caso, o valor acaba compensando os custos fixos de um carro como IPVA, seguro, combustível e manutenção.

Não tem ninguém dependendo da sua carona

Se você tem alguém que depende da sua carona, como um cônjuge, filhos ou pais idosos, ter um carro próprio pode ser mais cômodo e econômico do que ter toda a família usando carros de aplicativo.

Precisaria gastar com estacionamento

Se no seu trabalho você precisaria gastar com estacionamento a diferença do valor do quilômetro rodado que falamos anteriormente acaba compensando de novo, já que usando carros de aplicativo você não precisa se preocupar com vaga para estacionar. 

Quais as desvantagens de andar com carro de aplicativo?

Se você mora muito longe do trabalho

Para quem precisa se deslocar por longas distâncias todo dia, ter um carro ainda é a melhor opção. Quanto maior a distância, mais gritante é a diferença de custo do quilômetro rodado e, por isso, acaba ficando muito pesado.

Se precisa carregar muitas coisas consigo

Se você tem uma rotina muito corrida e precisa carregar muitas coisas com você, sejam equipamentos de trabalho, materiais da faculdade ou a roupa da academia, ficar levando muitas bolsas e sacolas junto com você pode ser muito trabalhoso se você não tem seu próprio carro para deixar as malas.

Na hora de ir ao mercado

A compra do mês é uma situação bem chata para quem não tem um carro próprio. Depender de carros de aplicativo quando se tem muitas sacolas de compras para carregar pode ser bem desgastante ao longo do tempo.

Meios de transportes alternativos

Para quem quer fugir do carro mas acha que usar carros de aplicativo pode ainda sair caro, existem algumas outras opções de transporte que podem resolver seus problemas:

Transporte coletivo

Muitas cidades no Brasil oferecem opções variadas de transporte coletivo. Trens, metrôs, ônibus convencionais, ônibus com vias exclusivas. É sempre possível encontrar uma solução para fazer seu trajeto diário, pode ser que não seja a solução mais rápida, mas costuma ser bastante econômica.

Aluguel de patinetes e bicicletas

Algumas cidades como São Paulo oferecem serviços de aluguel de patinetes e bicicletas como uma opção de transporte rápido. Em dias de chuva pode não ser a melhor opção, mas aproveitar uma manhã de sol indo de bicicleta para o trabalho pode ser um ótimo jeito de começar o dia!

A boa e velha carona

Já pensou em perguntar para os colegas de trabalho se alguém mora perto de você? As vezes é uma oportunidade de, além de economizar, fazer boas amizades.

Que tal tirar um dia da semana para andar a pé?

Essa opção é mais restrita, pois só funciona para quem não mora muito longe do trabalho. Porém, pode ser uma boa solução para não gastar com transporte e ainda fazer exercício físico.

Conclusão

Se você ainda não conseguiu decidir qual é o melhor transporte para você, existem algumas calculadoras na internet, como o do ValorInveste que podem te ajudar a calcular os gastos que você teria com um automóvel próprio ou com carros de aplicativo.

No fim das contas, a escolha de ter um veículo próprio, usar carros de aplicativo ou procurar opções de transporte coletivo vai depender do que se encaixa melhor no seu dia a dia. Porém, é importante fazer os cálculos e entender a relação de custo benefício para escolher a opção que combine comodidade e economia. 

Bcredi

A Bcredi é uma fintech que oferece Crédito com Garantia de Imóvel com uma das menores taxas do Brasil, de um jeito descomplicado. Nossos conteúdos te ajudam a entender melhor o universo financeiro e a fazer melhores escolhas com o seu dinheiro!

Visualizar todas as publicações

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *