STF retira obrigações da Lei de Responsabilidade Fiscal e estados montam hospitais de campanha

Confira um resumo e os links com as principais notícias deste fim de semana

📍 Moraes acata pedido e retira obstáculo da Lei de Responsabilidade Fiscal para gastos com pandemia

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou neste domingo pedido feito pelo governo do presidente Jair Bolsonaro e retirou os obstáculos impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) à expansão dos gastos públicos para conter a pandemia de Covid-19, doença provocada pelo coronavírus e que já matou 136 pessoas no país.

— — — — —

📍 Mandetta prega consenso nacional para lidar com avanço do coronavírus

o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, decidiu assumir um tom de conciliação na coletiva de imprensa deste sábado. “O Brasil é uma nave só”, disse Mandetta, falando no “consenso” que está sendo construído com secretários municipais e estaduais, incluindo o desenho adequado do que é quarentena, e como ela iria funcionar. “A verdade é que vamos descobrir como vai ser nossa sociedade, nossas fraquezas e fortalezas. A saúde não é uma ilha. A economia é, sim, muito importante na saúde”, disse ele, vislumbrando a intersecção necessária para se chegar a um ponto de equilíbrio no debate do coronavírus.

— — — — —

📍 Estados montam hospitais de campanha para receber pacientes com coronavírus

Hospitais de campanha estão sendo erguidos a toque de caixa, Brasil afora. Mas não existe ainda um número oficial de quantos novos leitos serão criados em todo o país. Em São Paulo, os hospitais estão sendo montados no estádio do Pacaembu e no Centro de Convenções do Anhembi. Em Fortaleza, a construção é no estádio Presidente Vargas. Em Roraima, o Exército ajudou a erguer um hospital de campanha na capital Boa Vista e no estádio Canarinho. No Rio de Janeiro, o Maracanã, palco de muitos clássicos, deve ser transformado em hospital, e o Riocentro, um espaço de convenções importantes na cidade, também.

— — — — —

📍 O choque na rotina das grandes cidades em isolamento pelo coronavírus

Fotógrafos do EL PAÍS percorrem ruas das três principais capitais do Brasil, que paralisou boa parte de sua atividade econômica em meio à pandemia.

— — — — —

📍 Espanha paralisa todas as atividades não essenciais para combater a pandemia de Covid-19

A tendência de aumento do número de mortos por coronavírus nos últimos dias levou o Governo espanhol a endurecer o confinamento dos 47 milhões de espanhóis. O presidente do Governo (primeiro-ministro) Pedro Sánchez anunciou que neste domingo será aprovada, por um Conselho de Ministros extraordinário, a limitação total de movimentos, salvo dos trabalhadores de atividades essenciais. A medida estará vigente entre segunda-feira e 9 de abril.

Bcredi

A Bcredi é uma fintech que oferece Crédito com Garantia de Imóvel com uma das menores taxas do Brasil, de um jeito descomplicado. Nossos conteúdos te ajudam a entender melhor o universo financeiro e a fazer melhores escolhas com o seu dinheiro!

Visualizar todas as publicações

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *