Negócios lucrativos: como tornar o seu?

Julia Broens

2 de outubro de 2019

Em tempos de empreendedorismo em alta, todo mundo quer saber como criar um negócio lucrativo, né? Então vem conferir as nossas dicas!

Muitos brasileiros tem o sonho de empreender e nos últimos anos esse número tem crescido muito. Para quem já tem um projeto antigo e quer tirar do papel o sonho do negócio próprio, é só pesquisar como abrir um CNPJ, fazer um bom planejamento de negócio e ter um capital inicial para investir no seu projeto. Já para quem vai empreender não pelo sonho do próprio negócio, mas sim pela necessidade, ou sempre quis sim ser dono do próprio negócio mas não sabe em qual segmento apostar, vale a pena procurar por negócios lucrativos. E é sobre isso que vamos falar nesse post: quais os melhores negócios para se abrir em 2019? Quais são os principais ramos de negócios lucrativos? Como abrir empreendimentos lucrativos?

E as dicas não param por aí! Vamos dar dicas de como começar seu negócio, como criar um empreendimento de sucesso, listar os principais ramos que estão em alta e, acompanhando o hype dos brasileiros que estão mudando para Portugal, vamos te contar que tipo de negócio dá certo em terras Lusitanas e como apostar nessas novidades!

Como montar um negócio do zero?

Abrir um negócio não é uma receitinha de bolo, mas tem algumas boas dicas que a gente pode te dar! 

  1. O primeiro passo para abrir um negócio é decidir qual é o ramo do empreendimento e fazer uma pesquisa sobre a atividade. Descubra se você precisa de uma instalação física grande ou não, estoque, equipamentos… 
  2. Depois, entenda como funcionam os processos desse mercado, tanto na confecção de produtos até a distribuição e precificação. Estude seus concorrentes, procure fornecedores e parceiros. 
  3. Tendo tudo isso mapeado, você precisa criar seu plano de negócio. Tenha ciência de todos os custos da sua operação, saiba quanto precisa investir e planeje a longo prazo quanto você precisa faturar para que o investimento inicial se pague e você comece a lucrar. 

Se você não sabe nem por onde começar, o SEBRAE oferece consultoria para microempreendedores e pode te ajudar a dar os primeiros passos em direção ao seu empreendimento. 

Se você não tem um capital inicial para investir, é preciso procurar alternativas como financiamentos, empréstimos, investidores ou possíveis sócios. Mas avalie bem todas as vantagens e desvantagens de cada uma das opções. Os financiamentos, em geral, tem destino definido para o valor, seja para compra de maquinário ou expansão de uma empresa, por exemplo. Já a busca por investidores ou sócios pode ser uma boa opção se você não tiver problema em dividir a tomada de decisões e também, futuramente, os lucros. Para quem quer dinheiro rápido e não pretende criar uma sociedade, solicitar um empréstimo para investir no seu novo negócio pode ser uma ótima opção. Diversas empresas oferecem modelos de empréstimos para MEIs, por exemplo. Mas uma boa alternativa é o empréstimo com garantia de imóvel da Bcredi, que além de ter uma das melhores taxas do mercado, te permite pedir o crédito como pessoa física mas comprovar renda combinada, ou seja, utilizar suas declarações e comprovantes de pagamento pessoa física e jurídica.

Como ter um negócio de sucesso?

Para criar um empreendimento de sucesso e estar entre os negócios mais lucrativos é preciso, como já falamos, investir em um ramo aquecido, ter um plano de negócios consistente e fazer uma boa gestão. 

Boa parte do sucesso da gestão dos comércios lucrativos está na combinação entre diminuição de custos da empresa e aumento dos lucros. E esse crescimento dos lucros, em alguns momentos está ligado à consolidação da marca, dependendo do tipo de mercado no qual você está investindo. Por isso, às vezes é interessante investir em uma franquia. Esse sistema em geral tem modelos de negócios já estruturados e marcas conhecidas, facilitando a entrada no mercado. Mas, a desvantagem aqui é que o investimento pode ser bastante alto. 

Porém, não pense que só é possível ter lucros com grandes empreendimentos! Existem muitos negócios baratos e lucrativos como prestações de serviços online como marketing digital e criação de sites, que são ramos ligados à tecnologia, que estão muito em voga no momento e não exigem grande investimento em estrutura, por exemplo. 

Além disso, são muitos os casos de sucesso de negócios lucrativos em pequenas cidades, dependendo apenas do impacto que você gera nessa comunidade. Por exemplo, se você sabe cozinhar e preparar boas refeições com gostinho de comida caseira, que tal investir em um negócio de entrega de marmitas? Você só precisa de um bom tempero e o marketing boca a boca. As pessoas que gostarem vão divulgar para outras pessoas e, logo, você pode estar vendendo para diversos trabalhadores da sua região. 

Que tipo de negócio está em alta?

Para um modelo de negócio dar certo, vários fatores influenciam mas um dos principais é o aquecimento do mercado e tendências de comportamento de consumo. Ou seja, se você oferecer o que o público quer consumir, é muito mais fácil vender não é mesmo? Por isso vamos falar sobre 3 tendências que não são novidades mas estão super em alta!

Compras online: 

Entre os principais negócios lucrativos do momento estão, sem dúvidas, as lojas online. Independente do ramo, a loja online tem diversas vantagens quando comparadas às lojas físicas como não ter custo de aluguel de espaço de atendimento a público, já que você pode apenas ter um estoque para armazenar os produtos e também não precisa ter uma equipe muito grande, apenas um processo bem organizado e um site bem feito. Um bom exemplo entre os negócios lucrativos na internet está a loja americana Nasty Gal que começou suas atividades quando a dona, Sophia Amoruso comprava roupas em brechós para revender em um site de compra e venda na internet. Seguindo esse exemplo, você pode aproveitar sites como Mercado Livre, enjoei e OLX para colocar coisas à venda.

Tecnologia e serviços digitais:

Outras possibilidades de negócios pequenos e lucrativos são as prestações de serviços ligados à tecnologia. Consultorias e projetos na área de publicidade, marketing digital, design e desenvolvimento de sites têm uma demanda bem grande. Isso está bem relacionado com o crescimento do número de empreendedores no Brasil. Mais gente abrindo negócios novos, mais marcas para divulgar e sites para criar.

Vida saudável:

A nossa última tendência da lista de top 3 é vida saudável. O brasileiro anda bem preocupado não só com a aparência mas com a saúde e, por isso profissionais como personal trainer, professor de pilates, yoga e treinamento funcional estão sendo bastante procurados. Ainda nessa onda de saúde, as marmitas fit são uma ótima pedida. Criar uma assinatura de pacotes com pratos e lanches saudáveis para ajudar o pessoal a manter a dieta pode ser uma grande aposta para quem quer empreender.

Qual o negócio mais lucrativo no Brasil?

Como você viu anteriormente, são muitas as idéias de negócios lucrativos no Brasil. Um ramo que tem crescido muito são os mercados ligados à tecnologia, o que explica o surgimento de tantas startups, fintechs, foodtechs no país. Esse último, inclusive está ligado a negócios de tecnologia focados em comida, como a LivUp ou a Fazenda Futuro, que tem como proposta principal revolucionar a relação das pessoas com a comida. A LivUp traz essa proposta através de marmitas de refeições práticas e embaladas à vácuo vendidas direto no site ou aplicativo e entregues no endereço que o cliente escolher. Já a Fazenda Futuro abraça a causa do veganismo e criou um hambúrguer com cheiro, gosto e aparência de carne mas que é feito exclusivamente por proteínas vegetais.

Seguindo ambas as tendências, tanto os mercados ligados à serviços de tecnologia quanto a indústria da vida saudável são grandes apostas para quem quer ter um negócio lucrativo no Brasil. Nenhum deles exige uma estrutura muito grande para começar, basta pesquisar bem, criar seu diferencial e abusar das redes sociais para divulgar seus serviços.

Qual é o melhor negócio para abrir em Portugal?

Assim como o Brasil, Portugal também está de olho nas empresas de tecnologia e, nessa onda, criou um visto chamado Startup Visa, voltado para incentivar a migração de empreendedores de qualquer parte do mundo que têm interesse em criar suas empresas em terras lusitanas e, consequentemente, movimentar a economia e gerar emprego para cidadãos locais.

Se você não tem expertise ou capital para investir na abertura de uma startup, não tem problema! Temos algumas dicas de pequenos negócios que você pode abrir em Portu

  • Barbearias ou salões de beleza para homens
    Esse serviço tem começado a se popularizar em Portugal e pode ser uma grande aposta! Os brasileiros são popularmente conhecidos pela expertise no mercado da beleza e sabemos disso pelo tremendo sucesso que os salões de beleza no estilo brasileiro fazem em outros países, como nos Estados Unidos, por exemplo. Então, se você tem interesse por esse mercado, comece pesquisando por bons exemplos aqui no Brasil, para implementar um modelo parecido na terrinha.
  • Aluguel e operação de drones
    Os drones estão ficando muito populares, principalmente em cidades turísticas do mundo todo. Como Portugal tem praias muito bonitas como Nazaré e Algarve, se você sabe pilotar um drone e tem um equipamento de boa qualidade, aqui está sua chance de mudar de país e empreender!
  • Comida brasileira
    A gente sabe que a culinária brasileira faz sucesso, não é mesmo? Agora pense em formas de baixo custo de fazer isso, como entregar marmitas, ou ter um foodtruck de petiscos brasileiros, por exemplo! Você vai ter dois públicos garantidos: os brasileiros com saudades da comida e os portugueses e também turistas do mundo todo curiosos para provar algumas iguarias.

Mas não esqueça de antes de investir nessa empreitada, pesquisar bastante sobre a legislação local e ter todos os documentos necessários para fazer tudo de forma regular. O primeiro passo é conseguir o visto de empreendedor e se informar sobre as leis locais para abrir uma empresa. O site Portal do Cidadão é uma boa opção para saber mais sobre as regulamentações.

Empreender realmente dá muito trabalho mas hoje em dia não faltam opções de mercado de atuação para quem quer abrir o próprio negócio, basta dar o primeiro passo. Por isso, pesquise bem, faça um bom planejamento e corra atrás do seu sonho. Não esqueça de usar nosso simulador de empréstimo online para encontrar a melhor solução de crédito e investir já no seu negócio!

Julia Broens

Seguidora fiel do mundo financeiro, de inovação e tecnologia, escrever sempre foi uma das minhas grandes paixões. Sou formada em Comunicação Organizacional e acredito que a boa comunicação é fundamental para descomplicarmos o universo financeiro

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *