Qual a importância da contabilidade nas empresas?

Julia Broens

26 de setembro de 2019

A contabilidade é essencial para a manutenção de uma empresa no mercado, para a tomada de decisões e para uma boa saúde financeira. Quer saber se vale a pena ter uma contabilidade para a sua empresa? Confira, neste artigo, todos os detalhes!

A contabilidade para empresas é responsável por mostrar aos gestores todos os valores de seus custos, despesas, receitas, lucratividades, ativos e passivos. Por abranger tantos números importantes para o funcionamento de uma organização, ela é essencial para auxiliar nas decisões, no planejamento da empresa e nos investimentos possíveis com mão de obra e outras iniciativas que contribuem para sua ascensão. Mesmo assim, muitos proprietários de pequenas e médias empresas acabam negligenciando um setor tão importante.

Quando a contabilidade de uma empresa não tem a atenção e a gestão necessárias, podem surgir problemas que vão desde débitos tributários até o fechamento do negócio. Por conta da sua importância, o ideal é que as informações contábeis sejam constantemente coletadas, analisadas, organizadas e reparados, no caso de diagnosticados erros. Isso porque uma contabilidade eficiente é capaz de prever problemas, evitar prejuízos, auxiliar na obtenção de crédito financeiro, entre outras vantagens.

São diversos os materiais utilizados para uma análise correta da contabilidade para empresas. Entre elas estão os recibos, extratos bancários e relatórios financeiros capazes de fornecer as principais informações financeiras de uma empresa. O problema é que existe um mito ao redor dos números de uma organização, que faz com que os proprietários não se sintam aptos a acompanhar de perto toda a papelada.

De fato, os documentos são técnicos e é preciso determinação para dominar o conhecimento. O ideal, portanto, é que profissionais preparados cumpram essa função da melhor forma. Mesmo assim, para ajudar você a entender melhor a importância da contabilidade e a tomar decisões analíticas e baseadas na realidade do seu negócio, preparamos esse post com informações imprescindíveis para uma gestão eficiente e imune a erros. Quer entender mais sobre o papel da contabilidade e quais seus benefícios para o dia a dia de uma empresa? Acompanhe o post e tire suas dúvidas de uma vez por todas!

O que faz a contabilidade de uma empresa?

Por mais que a contabilidade seja essencial em empresas de todos os portes e setores, muitas pessoas ainda não sabem qual a real função do setor na gestão organizacional. O problema maior é que a contabilidade, em geral, só é lembrada quando surgem os (grandes!) desafios que devem ser solucionados. 

Isso acontece porque o trabalho do contador é silencioso e acontece organizando as finanças e as responsabilidades fiscais de uma empresa. Esta é a área que estuda métodos, técnicas e formas para registrar, calcular e analisar toda a situação financeira de uma organização. 

Mas se engana quem pensa que o trabalho do contador ou do gestor da contabilidade se resume a fazer contas: ele direciona e suporta decisões importantes que devem ser tomadas no dia a dia de uma empresa. É um setor fundamental para ações estratégicas e de crescimento de uma companhia, já que é ele quem determina quando é possível realizar investimentos, contratações e outras transações financeiras inerentes à expansão empresarial. 

Funções da contabilidade

A complexidade do tema realmente torna difícil a explicação da importância da contabilidade, mas é possível dividir as funções contábeis em algumas ações imprescindíveis. Veja abaixo quais são elas.

Registrar

A contabilidade de uma empresa é a área responsável por registrar e documentar todas as transações financeiras de uma organização. Todo valor que entra e sai deve estar anotado, bem como o destino e a origem de cada valor que entra na conta empresarial.

É ainda necessário o registro de gastos com funcionários, insumos, estoques. Todos esses eventos econômicos e financeiros devem estar em um Registro Contábil, obrigatório de acordo com a ITG 2000 (Interpretação Técnica Geral), aprovada pela Resolução 1330 e 2011 do CFC (Conselho Federal de Contabilidade) 1330 de 2011.

Por meio dos dados do Registro é possível verificar a saúde financeira de um negócio, observando o total de bens acumulados, o patrimônio líquido, o alcance de metas de aumento de lucro e quais os dividendos disponíveis para retirada. É possível, ainda, analisar se a empresa está gastando mais do que pode, dando tempo para que o gestor pense em estratégias de recuperação em casos mais críticos.

Organizar

Outro papel importante da contabilidade para empresas é a organização dos dados, mas não a simples compilação de números. O profissional da área deve ser capaz de pensar em formas e sistemas exclusivos para cada companhia, sem se esquecer de levar em conta as particularidades e a forma de trabalhar das organizações.

Em outras palavras, a contabilidade encontra formas de organizar todos os dados contábeis de acordo com a dinâmica da empresa. Se há fornecedores de diversos setores, se há receita sendo gerada de diversas fontes e se há clientes em todo o Brasil, por exemplo, é a contabilidade quem ficará responsável por elaborar sistemas eficientes de gestão.

Essa pode ser uma tarefa um pouco mais difícil para proprietários e gestores que querem se aventurar no mundo da contabilidade. O ideal, aqui, é contar com a ajuda de uma empresa especializada ou estudar sobre o assunto.

Demonstrar

É papel da contabilidade da empresa gerar demonstrativos de acordo com todos os dados organizados. A prática, portanto, é que apresenta a situação patrimonial, econômica e financeira da organização.

Também é por meio da contabilidade que é feita a demonstração de fatos e transações que que podem afetar a empresa enquanto patrimônio. Isso facilita na hora de os gestores oferecerem as informações corretas sobre as composições, variações e análises dos resultados econômico da gestão patrimonial.

A contabilidade ainda possibilita que sejam analisadas as ações antigas da vida econômica da empresa, com demonstração profunda do presente e projeção do futuro. Tudo isso viabiliza planos de orientação administrativa no curto, médio e longo prazo.  

Analisar

A contabilidade é a área responsável por analisar os demonstrativos e os relatórios contábeis gerados nas ações anteriores. Com todos os dados, é possível apurar os resultados que foram obtidos e projetar números possíveis para o futuro.

Para o gestor de uma empresa, essa etapa é uma das mais importantes. Com a análise correta dos dados levantados, é possível ver se a empresa trabalhou dentro do que foi planejado, se os gastos previstos passaram do limite e quais as expectativas para os próximos meses.

A análise ainda possibilita que o próximo planejamento seja feito com base em dados, e não somente projeções do mercado sem embasamento. É a forma mais confiável de se planejar, uma vez que os dados levantados são da própria empresa que está traçando a nova estratégia.

Acompanhar

A contabilidade eficiente de uma empresa também permite que os gestores acompanhem a execução de todos os planos econômicos, sem deixar de lado as despesas fixas e as receitas da organização.

Também é possível se antecipar aos problemas. Quando valores previstos não são recebidos, por exemplo, o gestor pode pensar em formas de fazer com que o resultado na saúde financeira seja mínimo. 

O acompanhamento também permite que sejam antevistos gastos em épocas específicas. Gastos com décimo terceiro, férias e outras despesas com funcionários, por exemplo, podem ser pensados meses antes, ou seja, o impacto será menor quando houver a necessidade de retirar os valores necessários. 

Podemos concluir que, o que a contabilidade de uma empresa faz, é oferecer formas de o gestor conhecer seus bens e suas obrigações. Estar a par dos acontecimentos financeiros é essencial para a tomada de decisões assertivas e baseadas em números, ou seja, nada de “achismos” ou de planejamento tomando o concorrente como base. 

Importante lembrar que a contabilidade não é importante só durante crises, mas também nos momentos de expansão e de saúde financeira estável.

A contabilidade também é a responsável por identificar em qual regime tributário a empresa se encaixa, como Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Essa, aliás, é parte essencial para que uma organização simplifique suas atividades, economize tempo e reduza os custos.

A regularização do fisco, responsável por evitar problemas fiscais e consequentes multas e punições também é parte de uma contabilidade constante e eficiente. Vamos abordar isso nas áreas da contabilidade. Veja a seguir.

Áreas da contabilidade

Além de falarmos das funções do setor para as empresas, é importante mostrarmos onde exatamente ela atua e por que você deve acompanhar de perto a contabilidade da sua empresa.

Auditoria

Essa é uma das principais áreas da contabilidade para empresas. É a parte responsável por analisar todos os livros, registros e documentos da organização para atestar se as transações financeiras estão de acordo com a legislação. O objetivo, aqui, é evitar problemas que prejudiquem a empresa, principalmente perante a Receita Federal. 

Perícia contábil

Quando erros administrativos culminam em problemas contábeis em uma empresa, a perícia entra para verificar o que aconteceu e criar laudos sobre esses problemas. É possível diagnosticar erros aparentemente pequenos que se transformaram em grandes dores de cabeça. 

Análise financeira e econômica

Aqui, a contabilidade é responsável por avaliar a situação patrimonial de uma empresa após análise dos relatórios de uma organização. Esse estudo contribui no planejamento e nas decisões relacionadas a investimentos, contratações e gastos presumidos. 

Assessoria contábil

A contabilidade enquanto assessoria serve para avaliar a rotina e a gestão financeira de uma empresa. O objetivo é encontrar formas de descomplicar o dia a dia, contribuindo para uma rotina simples e assertiva.

Contabilidade social

Essa área da contabilidade para empresas tem o objetivo de analisar quais são os impactos da organização em uma sociedade. O objetivo principal é unir recursos financeiros, recursos naturais, recursos humanos e recursos éticos para que a empresa esteja sempre em conformidade com os valores pregados. 

Exigências legais

Para que um gestor saiba exatamente o que deve ser feito na hora de empreender, é essencial que ele entenda ou conte com um profissional de contabilidade. Só assim é possível lidar com a burocracia de forma certa, de acordo com a legislação e com as cargas tributárias. Erros dessa categoria podem, inclusive, levar empresas à falência. 

Ainda que você possa conferir como a contabilidade pode ser complexa, não é exigida presença de um profissional em micro e pequenas empresas. O ideal é estar sempre por dentro do assunto e acompanhando de perto as finanças da organização, já que não existe empreendimento de sucesso sem que haja contabilidade eficiente. 

Qual a importância da contabilidade financeira?

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 60% das empresas fecham com menos de cinco anos de atividade. Isso acontece por dois motivos principais: falta de planejamento e ausência ou ineficácia da gestão financeira. Somente por essa estatística já é possível observar a importância da contabilidade financeira para empresas, não é mesmo? 

Isso acontece porque muitos micro e pequenos empresários não dão a devida atenção ao setor financeiro. Todos querem lucrar, todos querem atrair clientes, mas poucos entendem da complexidade do assunto. É algo cultural e que faz com que os brasileiros acreditem que a gestão operacional, ou seja, o dia a dia que envolve o trabalho até o consumidor final, basta para o sucesso da empresa.

Administrar as finanças é determinante para que uma empresa permaneça no mercado e ainda atue sob as exigências da lei e da Receita Federal. Caso contrário, o risco de fechar ou ser punida é grande. 

A contabilidade financeira é quem contribui para decisões de compra, venda, gestão pessoal, captação de crédito e empréstimo para empresas, manutenção de estoque e outras iniciativas que só são possíveis após a coleta, o registro, a apuração e a análise completa da situação patrimonial da organização. 

Para ilustrar, vamos fazer o seguinte questionamento: é possível um empresário sonhar com aumento do número de colaboradores se sua situação financeira não permitir? Sem o conhecimento da gestão contábil da empresa não é possível sequer contratar um funcionário. 

Por ser algo complexo, mostraremos a você como a contabilidade é classificada por alguns especialistas. Veja abaixo.

Contabilidade externa

A contabilidade externa é a responsável por criar demonstrativos financeiros com as informações patrimoniais de uma empresa. Isso é feito por meio de relatórios e tem como objetivo munir de informações aqueles que não estão dentro da organização, como bancos, credores, governo, acionistas e empresas de crédito.

Todas as etapas da contabilidade externa devem estar em concordância com a legislação brasileira e também com as diretrizes dos conselhos de contabilidade. Por conta disso, os números e as ações pertinentes são influenciadas pelos órgãos regulamentadores e pelas determinações do Estado. 

Contabilidade interna

A contabilidade interna é aquela que mostra aos trabalhadores da empresa, ou seja, administradores e sócios, todas as informações patrimoniais da organização. Também chamada de contabilidade gerencial, tem o objetivo de contribuir no planejamento e no controle financeiro de um negócio.

Embora não estejam sob determinações legais, a contabilidade interna deve estar de acordo com os princípios éticos e com os valores pregados por cada organização. 

Ambas as categorias devem estar relacionadas e ter seus dados cruzados para que a contabilidade para empresas seja eficiente e com os dados mais fiéis possíveis. 

Sem uma contabilidade clara, objetiva e que abranja todas as operações de uma empresa, não há como ter o controle das finanças e do funcionamento da organização como um todo. Além disso, é a prática contínua e competente que mostra ao proprietário se ele tem cumprido com as obrigações fiscais e as medidas determinadas de acordo com a legislação, sem mencionar que é o que determina se é possível fazer investimentos ou se são necessários empréstimos ou pedidos de crédito, por exemplo.

Como a contabilidade ajuda na gestão?

Como você já chegou até aqui, já deve saber que uma contabilidade eficaz é essencial para o bom funcionamento de uma empresa. Mesmo assim, muitos empresários ainda não enxergam essa especialidade como uma ferramenta poderosa para dar apoio e fundamentação às decisões administrativas, além de contribuir no atingimento das metas e na obtenção dos resultados esperados. 

Independentemente da formação de um proprietário de empresa, é fundamental que ele esteja habituado a práticas e termos relacionados a fluxo de caixa, controle de contas a pagar, previsibilidade de receita, planejamento tributário e outras práticas inerentes à gestão de empresas de todos os portes e setores.

Ainda assim, para ajudar você a clarear as ideias e ter em mente a importância da contabilidade na gestão, nós vamos mostrar como essa contribuição é feita na prática.

Previsibilidade de lucro

A contabilidade empresarial possibilita que o gestor tenha uma previsão do quanto lucrará em determinados períodos. Assim fica fácil decidir sobre contratações, investimentos, gastos e até sobre o momento certo de fazer alguma economia. 

Contar com os dados obtidos pela contabilidade é a forma mais fiel e concreta de prever as receitas. Muitos administradores, especialmente os de micro e pequenas empresas, acabam cometendo erros de prever lucros apenas contando com o fluxo do mercado como um todo. 

Essa análise é feita por meio da contabilidade e do histórico da própria empresa. Com base na própria dinâmica, portanto, as previsões podem ser muito mais acertadas. A personalização dos dados e números é fundamental para uma boa decisão. 

Planejamento de despesas

Assim como a previsão de lucro, o planejamento de despesas também é feito por meio de estudo e análise da empresa. Com o desempenho contábil sendo de conhecimento do administrador, a chance de erro diminui muito e o planejamento se torna muito mais fácil. 

A contabilidade permite que sejam identificados meses de gastos mais altos e quais os motivos do aumento das despesas. Podem ser, por exemplo, por formação de estoque, folha de pagamento ou pagamento de impostos.

Com essa percepção, o administrador consegue planejar as despesas de forma mais assertiva, tomando decisões que não comprometam o capital de giro, a segurança patrimonial e o funcionamento da organização.  

Previsibilidade de crescimento

Já imaginou tocar uma empresa sem nenhuma ideia de como serão os próximos meses e anos? Pois saiba que muitos proprietários levam suas empresas sem nenhum suporte de dados e números. A contabilidade evita que seja necessário esse “tiro no escuro”, promovendo o planejamento correto dos próximos passos que sua empresa vai dar. 

A análise dos números permite que o proprietário saiba quanto poderá investir no futuro, quando será possível e necessário conquistar novos investidores e quando ele poderá atingir os objetivos traçados no seu planejamento. 

Isso facilita, inclusive, na credibilidade da sua empresa perante o mercado e investidores. Com os números e a previsão em mãos, você pode mostrar o potencial real do seu negócio no futuro. 

Antecipação de imprevistos

Sabia que a contabilidade permite que você se antecipe a problemas e até a erros de análise de números? Com as práticas corretas você consegue tomar as decisões mais acertadas, por exemplo, quando souber que haverá um gasto maior em determinado momento. 

É possível que o proprietário se prepare para épocas mais complicadas para a empresa e que consiga resolver problemas mais facilmente. Caso você precise, com urgência, de um equipamento muito dispendioso, por exemplo, a probabilidade de que você consiga resolver esse problema sem muitas dores de cabeça é maior se estiver com a contabilidade em dia.

Você também consegue manter as atividades da sua empresa mesmo que um cliente demore para pagar ou que você sofra algum problema maior de falta de pagamento.

Como você pode ver, quase todas as decisões de uma empresa podem ser tomadas com base nos números e na contabilidade da organização. Sem dados fiéis, fica mais difícil administrar de forma analítica e assertiva. 

A contabilidade, portanto, é um suporte bastante eficiente nas decisões e no dia a dia do proprietário, uma vez que permite que as atividades funcionem com capital de giro, pagamentos previstos e problemas sanados a tempo. 

Qual a importância da contabilidade na economia e lucros das empresas?

Você já deve estar convencido de que a contabilidade é uma necessidade nas empresas. Ela organiza gastos e receitas e ainda contribui para que tudo esteja em dia perante a lei. Mas será que só isso é motivo suficiente para ter uma contabilidade eficiente? 

A resposta é afirmativa. Administrar os números de uma organização, além de evitarem falências e erros como falta de capital de giro, contribui para que uma empresa cresça, permaneça no mercado e aumente os lucros.

Veja abaixo como ela trabalha em prol do aumento de vendas e dos números de uma organização.

Melhor uso dos recursos

A contabilidade permite que o proprietário faça uma gestão com aproveitamento total dos recursos da organização, tanto os físicos quanto os humanos. Isso contribui para uso inteligente de dinheiro, ou seja, as chances de gastos desnecessários são quase nulas. 

Maior vantagem competitiva

Uma empresa que não gasta mais do que pode e continua com as finanças equilibradas pode atuar de forma mais igualitária no mercado. Isso faz com que a organização esteja presente entre as opções da concorrência e ainda melhora o crescimento sustentável. 

Mais eficiência na gestão

Como falamos anteriormente, o auxílio da contabilidade à gestão empresarial possibilita economia de recursos e redução de tempo na tomada de decisões. Assim, além de o gestor concentrar suas energias em atividades mais condizentes às de proprietário, ele ainda consegue tomar decisões mais acertadas.

Maior acerto na formação de preços

Análises completas dos números de uma empresa possibilitam que os preços sejam formados da melhor forma, ou seja, com menos gastos e mais lucro para a organização. 

Menos desperdício

O controle financeiro permite que a empresa consiga administrar seus recursos e, consequentemente, evitar gastos desnecessários e desperdícios. Saber a finalidade correta do uso do dinheiro é essencial para que uma empresa atinja o sucesso. 

A contabilidade é essencial para o funcionamento e para o sucesso de uma empresa. Embora, muitas vezes, seja vista como tarefa fácil de ser desempenhada por leigos, erros nas suas práticas e estratégias podem culminar em problemas financeiros graves, além de deixar a empresa vulnerável a sanções judiciais e problemas com o fisco.

Se você pensa em investir, conseguir empréstimo ou apostar suas reservas financeiras em um novo negócio, é essencial contar com profissionais ou empresas especializadas em contabilidade.

Além de garantir que você tome decisões acertadas e com base em dados concretos, você ainda tem a tranquilidade de trabalhar sabendo que as práticas estão em concordância com o mercado e que as possibilidades de competitividade e crescimento são grandes.

Agora que você já sabe que a contabilidade para empresas é essencial para o sucesso, aproveite e faça uma simulação descomplicada de solicitação crédito para abrir o seu negócio com tranquilidade! 

Julia Broens

Seguidora fiel do mundo financeiro, de inovação e tecnologia, escrever sempre foi uma das minhas grandes paixões. Sou formada em Comunicação Organizacional e acredito que a boa comunicação é fundamental para descomplicarmos o universo financeiro

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *