Fintech: novo jeito de ser, com conhecimento de quem entende do assunto

homem sorrindo no escritório de fintech
Bcredi

2 de junho de 2017

Atualizado em: 20 de setembro de 2019

Mudando os padrões da sociedade atual, as fintechs vieram para revolucionar o mercado financeiro.

Provavelmente você já ouviu falar das fintechs, startups que são voltadas para o setor financeiro e que facilitam, e muito, a vida de quem precisa de serviços como abertura de uma conta bancária de maneira facilitada, contratação de um cartão de crédito ou até mesmo a contratação de um serviço de contabilidade. Quer saber o que é uma Fintech ou Insurtech? Confira abaixo que a gente te explica!

Quais as vantagens de uma Fintech?

Insurtechs: as fintechs seguradoras

O que é uma Fintech?

Fintechs são novas empresas do setor financeiro que empregam a tecnologia para inovar na oferta de soluções, de maneira disruptiva e orientada pelo sucesso do cliente. Seu modo de ser é novo, mas isso não significa que tudo dentro de uma fintech tenha nascido ontem. Além disso, as fintechs possuem um custo operacional muito menor por serem mais enxutas, podendo operar ativamente com menos pessoas.

Vale ressaltar que toda fintech ainda é uma startup, pois a solução geralmente começa como um negócio pequeno e precisa do aporte de investidores para conquistar seu espaço no mercado. Com o objetivo de inovar e otimizar processos financeiros, as fintechs dependem da tecnologia para desenvolver novas soluções ou aprimorar processos existentes.

Para entrar para a Associação Brasileira de Fintechs, a empresa precisa ser pautada em tecnologia e possuir um modelo de negócio escalável, palpável e rentável.

Em geral, profissionais de destaque no mercado em que atuam são absorvidos pelas fintechs. Não é difícil entender o motivo: só se muda aquilo que se conhece. No caso da Bcredi, este conhecimento vem do Conglomerado Financeiro Barigui, que soma mais de 20 anos de experiência no segmento.

Essa base do braço financeiro do Grupo Barigui é fundamental para a atuação da fintech. A Bcredi nasce ancorada em uma experiência composta por mais de R$ 800 milhões em volume de crédito imobiliário ofertado e atendimento a mais de 6 mil clientes.

Quais as vantagens de uma Fintech?

Com a crescente presença da digitalização na sociedade, surgiu-se a necessidade de desenvolver novas soluções para problemas antigos, visando trazer agilidade e praticidade na vida de todos, com menos burocracia. Hoje, é possível abrir uma conta corrente e solicitar cartão de crédito através do seu smartphone, em um banco 100% digital. O processo todo é realizado no próprio aplicativo e em menos de 10 minutos, sua conta está aberta e em poucos dias o seu cartão chega na sua casa. 

De modo geral, as vantagens de se escolher uma fintech são:

  • Praticidade: com o uso da tecnologia e da internet, realizar transações financeiras se tornou extremamente simples e acessível para todos, tanto para os que possuem pouco conhecimento sobre tecnologia, quanto para os que dispõem de pouco tempo para enfrentar filas em bancos, perdendo seus horários de almoço. Tudo pode ser feito online, via aplicativo ou desktop.
  • Plataformas mais elaboradas: geralmente, as fintechs possuem um DNA digital orientado às necessidades dos seus usuários, e isso significa que o desenvolvimento e o aprimoramento das suas plataformas é constante e de acordo com o feedback de seus clientes. Algumas dessas startups democratizam o acesso à informação, facilitando ainda mais o dia-a-dia dos seus usuários.
  • Impacto social e ambiental: por se tratar de soluções quase sempre 100% digitais, o impacto social e ambiental dessas empresas é quase nulo. Não há faturas impressas, nem uso de plástico ou papel em excesso para envio de cartões de crédito para seus clientes e toda a sua cultura é sustentável. 
  • Custos baixos: como falamos, as fintechs possuem custos operacionais muito baixos para se manterem ativas no mercado, se comparado com grandes instituições como bancos e instituições de crédito mais tradicionais. A própria cultura sustentável que citamos logo acima já é um grande fator de economia para estas startups. Controlar o uso de insumos físicos e utilizar de soluções mais práticas e sem custo ajuda muito a baratear e agilizar processos recorrentes.

Fintechs de sucesso

Na teoria, é sempre tudo muito bom e funciona perfeitamente, mas e na prática? Você com certeza já ouviu falar de alguma dessas fintechs e provavelmente até usufrui de seus serviços mas nem imagina que ainda são startups. Confira abaixo algumas das principais fintechs do Brasil:

Nubank

O característico cartão roxo certamente já chamou a sua atenção; seja por sua aparência chamativa, seja por um amigo te indicando a instituição ou seja pelos limites superiores aos dos bancos tradicionais liberados de maneira fácil. 

O banco digital é conhecido por facilitar a vida de seus clientes: zero burocracia para abertura de contas, tudo pode ser feito via aplicativo em seu smartphone e não há tarifa alguma na utilização de seus serviços. Em 2013, contava somente com o cartão de crédito. Em 2018 lançou a Nuconta, permitindo que qualquer pessoa crie uma conta bancária livre de impostos e uma poupança com rendimento diário, ao contrário da conta poupança tradicional.

Picpay

Essa plataforma surgiu com o objetivo de facilitar transferências de valores baixos para quaisquer contas bancárias, sem a cobrança de taxas e com um grande diferencial: a cobrança seria feita em seu cartão de crédito. 

Imagine que você e seu amigo decidem comprar uma pizza, e você esqueceu a sua carteira em casa. Seu amigo paga e fala que depois vocês se acertam. Você chega em casa, cadastra seu cartão de crédito no aplicativo e faz o pagamento para a conta do Picpay dele, instantaneamente, sem tarifas. É possível utilizar o saldo do aplicativo para compra de créditos de celular, compra de créditos em lojas de jogos e até mesmo transferir para uma conta bancária. O depósito ocorre em alguns dias.

Contabilizei

Com o objetivo de democratizar a contabilidade para micro e pequenas empresas, a Contabilizei surgiu para mudar o mercado no país todo.

Você pode abrir uma empresa e resolver toda a burocracia que muitas vezes age como obstáculo nessa etapa através da plataforma da fintech. Além disso, seu suporte está disponível para te ajudar sempre.

E se engana quem acha que esse tipo de serviço é caro: a partir de R$ 89,00 mensais podem ajudar você a organizar a saúde financeira da sua empresa.

Bcredi

No meio de todo esse cenário de inovação e reinvenção social aliada a tecnologia, a Bcredi se adaptou e iniciou um novo capítulo em sua jornada. 

Após um longo percurso no ramo hipotecário, a Barigui Cia. Hipotecária decidiu que a criação de uma nova marca voltada para as necessidades do mercado atual era essencial, e assim nasceu a Bcredi – fintech especialista em empréstimo com garantia de imóvel com um processo rápido e 100% online.

Seus principais diferenciais são taxas lá embaixo, parcelas até 80% menores se comparadas a outras modalidades de empréstimo e até 15 anos para pagar. O resultado dessa combinação é a possibilidade dada aos brasileiros de reorganizarem suas finanças sem comprometerem ainda mais o orçamento, recuperando suas noites de sono e investindo tempo no que realmente importa: sua família, seus projetos e objetivos e a realização dos seus sonhos.

Insurtechs: as fintechs seguradoras

Com o crescimento das fintechs no mercado, houve a abertura de novas oportunidades em outra área que também é conhecida pela burocracia e processos demorados: a área de seguros

Chamadas de Insurtechs, essas startups utilizam novas tecnologias para analisar seus clientes e oferecer melhores soluções, tanto em pacote de serviços, quanto em economia para ambos. 

Com contratação facilitada e suporte dinâmico, é possível contratar um seguro para o seu carro ou moto sem sair de casa e sem a necessidade de um processo muitas vezes oneroso e frustrante. 

E se engana quem pensa que o Brasil não possui presença nesse mercado: duas das melhores insurtechs do mundo, segundo a lista InsurTech 100, encontram-se no Brasil. A pesquisa foi realizada pela FinTech Global, empresa especializada no segmento.

A Thinkseg Group, fundada em 2016, foi notada por possuir foco na experiência do seu cliente, oferecendo uma solução 100% digital para sugerir produtos customizados para os seus clientes. Em 2018, o grupo adquiriu a Bidu Corretora, que foi uma das primeiras corretoras de seguro online no Brasil. 

A outra brasileira que apareceu na lista foi a Minuto Seguros, fundada em 2011, que é uma seguradora que também oferta seus serviços de forma 100% digital. Pelo site, é possível escolher o tipo de seguro que deseja cotar, preencher alguns dados simples e receber propostas com preços e planos personalizados. Simples e prático.

Nesse cenário, é possível compreender facilmente o papel das fintechs no mercado. Com rotinas cada vez mais carentes de tempo livre para tratar dos assuntos financeiros do dia a dia, essas startups surgem como grandes aliadas para facilitar nossas vidas de maneira acessível, democrática e sustentável. Até a próxima!

Bcredi

A Bcredi é uma fintech que oferece Crédito com Garantia de Imóvel com uma das menores taxas do Brasil, de um jeito descomplicado. Nossos conteúdos te ajudam a entender melhor o universo financeiro e a fazer melhores escolhas com o seu dinheiro!

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

2 respostas para “Fintech: novo jeito de ser, com conhecimento de quem entende do assunto”

  1. […] Financeiro Barigui, que conta com 10 anos de experiência. O grupo aproveitou todo esse conhecimento sobre crédito imobiliário, fruto da experiência de seus profissionais, agregou tecnologia e criou a sua própria startup. A […]

  2. […] originação e liberação de crédito imobiliário. Assim, agregou tecnologia e inovação a todo o conhecimento sobre crédito imobiliário que sua equipe já tinha e conseguiu consolidar um financiamento online, com prazos de aprovação […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *