Saúde financeira: saiba o que é e veja nossas dicas para cuidar do seu dinheiro

Julia Broens

9 de outubro de 2019

Equilibrar as finanças ajuda a reduzir o estresse diário e possibilita conquistar seus sonhos. Veja nossas dicas!

Pode não parecer, mas a sua saúde financeira pode estar em risco e você ainda não sabe, apenas vivenciou alguns sintomas: estresse, insônia, falta de apetite, nervosismo. Parecem problemas de saúde comuns, não é? Pois é exatamente esse o tipo de problema que você pode ter com uma vida financeira mal planejada

Dívidas acumuladas e gastos sem controle podem fazer com que você perca seu sono e prejudiquem sua saúde física e mental. Por isso, é importante entender o que você pode fazer para cuidar desse ponto tão delicado da sua vida. É claro que a Bcredi te ajuda. Vem com a gente!

O que é saúde financeira?

A saúde financeira nada mais é do que o equilíbrio das suas finanças, tendo um compromisso rigoroso com o cuprimento de seus objetivos. É a capacidade de se organizar a ponto de poder planejar seus próximos passos com tranquilidade.

Isso requer, acima de tudo, disciplina e organização, aplicados nos mínimos detalhes para que dê certo. Sabe aquele tênis novo, que você sabe que encontrará mais barato em outro lugar mas não resistiu quando viu na loja física? Então. Começa por aí, em uma mudança de hábito.

Você sabe que terá uma vida financeira saudável quando conseguir planejar tranquilamente a aquisição de algo ou aquela viagem sonhada, sem precisar se afogar em uma dívida gigantesca com cartões de crédito. Existem uma série de dicas que separamos pra você entender melhor como começar esse processo.

6 dicas para cuidar da sua saúde financeira

Organize suas finanças

O primeiro passo é entender como você gasta seu dinheiro, quanto ganha e quanto pode poupar. Dessa forma você entende qual é o seu padrão de vida, como está sua vida financeira e o que pode ser ajustado. Nós temos um modelo de planilha de orçamento familiar que pode te ajudar nessa etapa, não deixe de acessar o link e conferir, pode te ajudar!

Defina suas metas

O segundo passo é definir quais são seus objetivos e quais são as metas que te levarão até lá. Quer viajar para Paris? Então a primeira meta deve ser planejar a viagem para prever gastos com passagens, estadia, alimentação. Depois, a segunda meta será se programar para guardar uma quantia de dinheiro mensalmente que te permite viajar na data desejada. Um bom exercício pode ser estabelecer metas de curto, médio e longo prazo.

Aplique seu dinheiro

Fazer seu dinheiro gerar mais dinheiro não é nada fácil, e até parece um milagre ou conto de fadas, mas não é. Com um pouco de dedicação, estudar sobre o mundo das finanças pode te ajudar a conquistar seus objetivos mais facilmente. Aplicar seu dinheiro em um fundo de investimentos ou no Tesouro Direto, por exemplo, pode render mais do que a poupança e ainda ajudar no seu auto-controle.

Essas opções de investimentos de baixo risco e rápida liquidez são as mais recomendadas para investidores de primeira viagem, pois o processo de contratação é extremamente simples e te permite resgatar seu dinheiro sem nenhum problema ou perda de maneira rápida e descomplicada. Procure uma investidora de confiança para aplicar seu dinheiro, e não tenha pressa!

Utilize crédito de maneira consciente!

Você sabe o que é crédito consciente? Nada mais é do que a utilização de linhas de crédito disponíveis hoje (cartão de crédito, cheque especial, financiamentos etc) da maneira mais inteligente possível para o seu cenário. Todas as linhas de crédito disponíveis podem ser utilizadas para algum propósito específico, desde que haja um estudo prévio e um conhecimento da sua situação e real necessidade.

Dá uma olhada nesse texto que a gente te explica tudo sobre crédito consciente. Um fator fundamental para ficar atento é a taxa de juros de cada uma dessas linhas, pois os altos juros são verdadeiros vilões da sua organização financeira.

Utilize todos os recursos e ferramentas disponíveis

Hoje há uma variedade enorme de aplicativos, ferramentas e recursos voltados para a gestão financeira, seja pessoal ou empresarial, tanto para investidores quanto para leigos. A grande maioria desses recursos é gratuita! Além de serem poderosos aliados na gestão financeira, eles podem te ajudar a acelerar o processo de reeducação financeira, te dando uma visão mais holística da sua situação atual e também permitindo achar uma saída que seja condizente com a sua realidade. A gente separou algumas dicas sobre esse assunto nesse texto, confira!

Quais os benefícios de uma vida financeira saudável?

Além do ponto mais óbvio, que é justamente facilitar o acesso aos seus objetivos, temos um outro grande ponto tão importante quanto: qualidade de vida. Ter uma boa qualidade de vida não significa que você irá viver com luxo, comprando carros e casas desenfreadamente. Significa que você terá um consumo muito mais inteligente dos seus recursos e saberá otimizar tanto seu tempo, quanto seu investimento quando for comprar algo. Isso lhe dará segurança para eventuais emergências também, sejam elas de saúde ou quando o carro quebra, por exemplo.

Entenda que aqui não estamos falando somente de poupar dinheiro, e sim, de gastar corretamente seu dinheiro. 

Além disso tudo, a educação financeira adquirida em uma vida financeira saudável é um grande diferencial até mesmo no mercado de trabalho. Deter um conhecimento desses lhe possibilita trabalhar com projeções mais precisas, planejamentos complexos e até mesmo no controle de gastos do seu negócio. As vantagens são inúmeras.

Como saber como está a minha saúde financeira?

Infelizmente, para muita gente esta ainda é uma realidade distante: saber como lidar com o próprio dinheiro, conseguindo controlar gastos e gerenciar as muitas contas para pagar ainda é para poucos. Entenda: ter uma vida financeira saudável não significa que você deve viver em função do dinheiro ou trabalhar em cima disso 24 horas por dia, adiar sonhos e deixar de viver. Controlar a sua vida financeira é muito mais uma questão de hábito do que de exercício. Com o tempo, você se acostuma e nem percebe que está pensando na sua saúde financeira também.

Sempre é tempo de aprender e começar boas práticas de educação financeira pessoal, que se reflete na gestão das contas profissionais. Por isso, preparamos um INFOGRÁFICO que mostra algumas dicas sobre como controlar as finanças.

Confira uma prévia, preencha o formulário e baixe o infográfico completo!

Esperamos que você tenha aprendido um pouco mais sobre saúde financeira, como melhorá-la e por onde começar. Esse processo é importantíssimo para quem deseja alcançar seus objetivos e metas.

Gostou do texto ou ficou com dúvidas? Fala pra gente aí nos comentários, e conte com a Bcredi 🙂

Até a próxima!

Julia Broens

Seguidora fiel do mundo financeiro, de inovação e tecnologia, escrever sempre foi uma das minhas grandes paixões. Sou formada em Comunicação Organizacional e acredito que a boa comunicação é fundamental para descomplicarmos o universo financeiro

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *