Dicas para reformar a casa e economizar

casal em preparativos para reforma e decoração da casa com caixas de papelão e trena

Se tem uma coisa que todo mundo gosta é viver em uma casa bonita, arrumada e bem decorada, né? A prova de que o tema é do interesse dos brasileiros é o sucesso que fazem os programas de TV e canais na internet sobre decoração e reforma. Porém, as buscas por dicas para reformar a casa e economizar ou soluções para reformas baratas, não se limitam aos fãs do assunto, mas são comuns para toda pessoa que quer reformar a casa gastando pouco. 

Se essa é a sua situação, você chegou no artigo certo! Vamos contar tudo o que você precisa saber para começar a reforma da sua casa: como fazer uma planilha de orçamentos, documentações necessárias, planejamento de obra e muitas outras dicas para quem está reformando a casa e quer saber como baratear os custos. Confira a seguir.

Baixe a planilha e planeje o orçamento da sua reforma

Quero fazer uma reforma, por onde começo? 

Antes de começar a reforma, você precisa primeiro entender se ela será uma reforma superficial ou uma reforma estrutural. Quando você vai fazer mudanças superficiais como trocar móveis, pintar paredes, colocar um papel de parede novo, você precisa apenas se organizar bem, encontrar um bom pintor e comparar bastante os preços dos itens que vão ser comprados. 

Porém, se a reforma envolve mudanças mais profundas como piso e revestimento, iluminação, encanamento e mudanças maiores nos ambientes que exijam alterações estruturais, você precisa antes de qualquer coisa contratar um arquiteto para fazer todo o planejamento da sua obra. 

Tem gente que acha muito caro ou que não vale a pena investir, porque tem um pedreiro muito bom que faz de tudo. Mas, não se engane! É um bom projeto arquitetônico que vai guiar os trabalhos. Se o projeto não estiver bem definido e detalhado, pode gerar confusões no cálculo da quantidade de materiais necessários e você acaba tendo que gastar muito mais do que estava esperando. 

E mais: se você não pretende sair de casa durante a obra, não abra mão de contratar um arquiteto, pois o projeto vai te ajudar muito na hora de escolher por onde começar a obra e, assim, você pode se organizar para ficar na casa sem se incomodar muito. 

Preciso de aprovação da Prefeitura para reformar minha casa? 

Agora pouco falamos que o trabalho do arquiteto é fundamental para que tudo corra bem durante a obra, não é mesmo? Pois é. Ele é necessário para outra coisa fundamental: o alvará da prefeitura para a reforma. O alvará é um documento que autoriza você a fazer as obras que pretende, se ela estiver completamente dentro das normas da legislação. 

O alvará poderá ser solicitado nos casos em que a obra resulte em alteração na estrutura do imóvel. Em casos de obras mais simples, como troca de azulejos, por exemplo, o alvará não é exigido. Muitas vezes o alvará só será exigido em casos de ampliação do imóvel, ou seja, construção de algum cômodo extra, por exemplo.

Quem vai garantir isso é o engenheiro ou o arquiteto que fizer o seu projeto. Ele vai fazer a discriminação da estrutura e área total, a implantação da construção no terreno, a planta baixa do imóvel e as alterações previstas para garantir que tudo esteja dentro da lei e não traga problemas no futuro.

Para conseguir o alvará da prefeitura você precisará de alguns documentos. Essa documentação exigida pode variar de uma cidade para a outra, mas em geral você precisará apresentar seus documentos oficiais de identificação com foto (RG e CPF ou a CNH), Cadastro de Contribuintes Municipais (CCM), O carnê do IPTU do imóvel, título de propriedade, escritura do imóvel, registro do engenheiro ou arquiteto que assinará a obra e o projeto arquitetônico. É bom lembrar que o alvará tem uma taxa a ser paga, que normalmente não ultrapassa R$ 300,00. 

Não esqueça que, se você começar sua obra sem tirar o alvará, ela pode ser embargada e ficar completamente parada enquanto você não conseguir a autorização, o que vai te fazer perder tempo e dinheiro. 

empréstimo com taxas lá embaixo

Como reformar a casa gastando pouco

A gente sabe que obras, em geral, têm muitos custos e alguns bastante altos. Por isso, a pergunta que não quer calar é: como economizar na reforma? A primeira coisa que você deve saber é que o barato muitas vezes sai caro. Então não acredite em dicas milagrosas ou grandes cortes de custos. Mas não desanime! Investir em um bom projeto e escolher materiais de qualidade são coisas que a princípio podem parecer caras, mas vão garantir que o resultado da sua reforma dure bastante e que você não vai precisar esquentar a cabeça novamente em pouco tempo. 

O passo fundamental para economizar uma reforma é uma velha conhecida de quem busca por uma vida financeira saudável: organização. Se você tiver um bom planejamento e visibilidade total de quanto vai custar, você pode organizar o orçamento e o prazo da sua obra de uma maneira saudável para que suas contas não fiquem no vermelho.

5 dicas para reformar a sua casa 

Agora que você já sabe que o primeiro passo para a sua obra é ter um profissional especializado ao seu lado, um planejamento bem feito e se informar sobre a necessidade de obter um alvará da prefeitura, caso a obra envolva mudanças estruturais no imóveis, nós vamos te dar 5 dicas infalíveis para reformar a casa sem stress:

Tenha um projeto bem detalhado e conte com bons profissionais

A primeira dica para reformar a casa gastando pouco tem a ver com um projeto arquitetônico bem feito e detalhado. Com ele você faz o planejamento da obra e evita confusões na hora do cálculo dos materiais. Além disso, é fundamental ter profissionais de confiança junto com você nesse momento. Muita gente busca por um “faz tudo” que pode ser muito pró-ativo mas dificilmente vai ter conhecimento profundo para tomar decisões importantes sobre todas as questões da sua obra. 

Por isso, busque um bom pedreiro, um pintor de mão cheia, e bons profissionais para a parte hidráulica e elétrica. Todos eles, liderados por um projeto arquitetônico muito bem discriminado vão conseguir fazer sua obra com menos chances de erro e, consequentemente, mais economia.

Tenha um bom planejamento de custos

Essa dica é fundamental para qualquer planejamento (reforma, evento, viagem, etc). Pla-ne-je! O primeiro passo é, seguindo o detalhamento do seu projeto, listar tudo o que será feito. Peça ajuda do arquiteto se tiver dúvidas, mas não deixe de incluir nenhum detalhe. Assim você terá visibilidade do impacto da sua obra. Depois disso, calcule todos os custos dividindo-os em custos decorrentes e indiretos. 

Custos decorrentes são os materiais para a estrutura da obra e construção, instalações e metais, revestimentos e louças. Já os custos indiretos são compostos pelos gastos com água, energia elétrica, mão de obra e deslocamentos. Não esqueça de incluir os iniciais como o alvará, advogados, impostos e o próprio projeto arquitetônico. Para facilitar, você pode usar a nossa planilha de orçamentos de obras. Nela você vai encontrar toda a discriminação de custos comuns em uma obra ou reforma.

Busque materiais com uma boa relação entre custo e benefício

Sempre dê preferência para materiais de boa qualidade e durabilidade. Não adianta você economizar com isso agora e daqui poucos anos ter que reformar tudo de novo, não é mesmo? Para fazer a escolha das marcas dos materiais, é bom buscar por mais de uma opinião. Peça indicações para os profissionais que contratou, para o arquiteto e para os amigos que já fizeram obra, assim você vai ter várias visões e, possivelmente, mais de uma opção de boas marcas para usar na sua obra. 

Pesquise bem e compare preços

Depois de conhecer as marcas com melhor custo benefício, é hora de comparar preços. Em geral, os profissionais que trabalham na área da construção já conhecem bons lugares para a compra de materiais, mas o que vai fazer diferença é você acompanhar a negociação. Com um bom comparativo de preços e tendo em mente o valor que você pode gastar para cada coisa, será mais fácil alcançar o orçamento ideal. 

Cuidado com a chuva

É sempre importante fugir do clima úmido e de épocas com alto índice de chuvas para garantir o bom andamento da sua obra. Entre as dicas para reformar a casa, essa não está diretamente ligada aos custos mas pode influenciar no prazo e possíveis gastos adicionais com materiais. Por isso, fique atento ao clima e também ao armazenamento dos materiais de construção para evitar que fiquem em contato com a umidade e, assim, garantir que não terá custos extras porque perdeu materiais que ficaram expostos às mudanças de clima.

Ideias inovadoras e baratas para reformar sua casa

Quem busca por dicas para baratear a reforma da casa já deve ter encontrado muitos conteúdos no estilo “Do It Yourself” (DIY) ou faça você mesmo, que nada mais é do que colocar a mão na massa e produzir algo sem precisar de profissionais.

Existem coisas nas quais você pode cortar custos de mão de obra, como a pintura ou reforma de móveis por exemplo. Mas não esqueça que escolher materiais de qualidade é fundamental. Hoje em dia, existem vários canais no youtube que te dão dicas de como fazer itens decorativos sozinho, um deles é o canal do designer Paulo Biacchi que traz vídeos ensinando como reformar móveis, pintar paredes de forma criativa, fazer itens de decoração como luminárias e muito mais. 

Com conteúdos como esse e uma forcinha dos amigos e familiares, é possível cortar alguns gastos com mão de obra e economizar nos itens decorativos fazendo você mesmo. Porém, não esqueça que o “faça você mesmo” só vale para mudanças superficiais, ok? Nada de mexer na estrutura do imóvel sem ajuda de um profissional especializado!

Baixe o infográfico e veja o passo a passo para contratar o seu empréstimo online

Faltou dinheiro para concluir a reforma, e agora? 

O ideal é sempre se planejar bem e ter uma boa reserva para caso aconteça algum imprevisto. Se você fez as contas e não vai conseguir essa “gordurinha” ou se algo deu errado na sua obra e você está desesperado atrás de uma solução, calma! Existem algumas opções de crédito para você conseguir pagar o que falta:

Cartão de crédito

Se o seu problema for a compra de mais materiais, você pode encontrar opções de lojas que parcelam o valor no seu cartão de crédito. Porém, é sempre bom lembrar que a dívida de cartão de crédito é uma dívida cara pois tem juros muito altos. Se você não tem certeza que vai conseguir pagar as parcelas, essa ideia pode ser um tiro no pé.

Empréstimo Consignado

Outra opção bem comum no mercado é o empréstimo consignado. Nessa modalidade de crédito, você pode contratar um empréstimo no banco parceiro da instituição que você trabalha e as parcelas serão descontadas diretamente do seu pagamento. Mas essa solução tem alguns riscos, um dos principais é relacionado ao seu desligamento da empresa. Se, por algum motivo, você sair do local onde trabalha (encontrar uma oportunidade melhor, ou precisar mudar de cidade, por exemplo), terá que quitar o valor das parcelas faltantes de uma vez só.

Crédito com garantia de imóvel

O empréstimo com garantia de imóvel é uma solução ótima para quem quer construir ou reformar. Como essa modalidade é bastante segura, já que conta com o imóvel como garantia, a instituição financeira consegue chegar a taxas baixas e prazos de pagamento bem flexíveis. Entre as principais vantagens estão os juros baixos (taxas a partir de 0,99% ao mês + IPCA), o prazo longo e as parcelas baixas e, por último mas não menos importante, o limite que é bem alto. E o melhor: você não precisa sair do seu imóvel e continua morando nele normalmente. 

Conclusão 

Com essas dicas você não precisa mais esperar para realizar aquela reforma tão sonhada né? Se organize bem, conte com profissionais de confiança e aproveite para usar nosso simulador de empréstimo online para encontrar a opção de crédito ideal para você viabilizar a sua obra. Nada melhor do que começar o projeto com o dinheiro na mão, né?

aqui as parcelas não pesam no bolso
Bcredi

A Bcredi é uma fintech que oferece Crédito com Garantia de Imóvel com uma das menores taxas do Brasil, de um jeito descomplicado. Nossos conteúdos te ajudam a entender melhor o universo financeiro e a fazer melhores escolhas com o seu dinheiro!

Visualizar todas as publicações

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *