Economize do jeito certo e mantenha as contas da sua empresa em dia

Dicas para economizar e manter as contas em dia

No Brasil, grande parte das pessoas têm dificuldade em economizar as finanças pessoais e isso pode refletir na gestão financeira das empresas. Os empreendedores não estão acostumados a guardar dinheiro, mas vale lembrar que ter uma reserva, por menor que ela seja, serve de precaução no caso de alguma emergência. E, cá entre nós, elas podem não ser tão esporádicas assim!

O primeiro passo que você deve dar para começar a poupar corretamente é entender muito bem quais são os custos e despesas da sua empresa.

Além disso, é importante cortar tudo o que não trouxer o retorno esperado para o crescimento da companhia. Também é determinante ter sempre o foco em novas vendas e novos clientes para seus produtos ou serviços – o que vai fazer com que entre mais dinheiro. Lembre-se: empresa que não vende, quebra!

Se tudo isso for feito corretamente, há grandes chances de que, no fim das contas, sobre algum dinheiro para que você possa fazer uma reserva e não seja pego de surpresa.

Se a ideia de economizar e ter uma reserva para eventuais situações como desligamento de colaboradores ou problemas na operação chamou a sua atenção, confira abaixo algumas dicas que podem te ajudar neste processo:

A Previsibilidade é o novo progresso

Já ouviu aquela história de que, às vezes, vale a pena dar um passo para trás para depois dar dois para frente? Com o caixa da sua empresa também deve funcionar assim.

Uma das formas mais simples de guardar o dinheiro do seu negócio é dividir os custos e despesas que você sabe que vai precisar pagar e guardar mensalmente durante o ano.

Um exemplo é o 13º salário. Se você souber quanto vai precisar pagar lá no final do ano e conseguir guardar 1/12 deste valor todo mês, quando chegar em dezembro, já terá o dinheiro disponível e não vai precisar correr atrás de algum banco para fazer um empréstimo.

Para sua sorte, a Celero disponibiliza uma ferramenta que calcula valor total do 13º salário, e faz o provisionamento de quanto é preciso guardar por mês. Nela, também é possível projetar os encargos trabalhistas que acompanham o décimo terceiro.

Qual é o valor mínimo recomendado para se ter em caixa?

Alguns estatísticos e financeiros costumam dizer que é importante ter quatro ou cinco vezes o valor dos gastos fixos da empresa de saldo no caixa. Isso significa que, se seus gastos giram em torno de R$ 15 mil, o negócio precisa ter aproximadamente R$ 75 mil no caixa.

No entanto, sabemos que a realidade do pequeno e médio empresário fica longe disso. Por isso, recomendamos que você saiba quais são seus gastos fixos, compare com a sua receita e coloque na conta 10 ou 20% para que consiga fazer essa reserva e não tenha problemas para pagar suas contas em períodos de sazonalidade, como época de férias escolares, por exemplo.

Divida a receita pelos seus clientes

A explicação é bem simples: imagine que uma empresa tem apenas um cliente que paga todas as suas contas ou então uma multinacional responsável por grande parte da receita do negócio. E aí esse grande cliente quebra. A chance da sua empresa precisar fechar junto é de quase 100%.

Embora pareça muito lucrativo investir seu tempo, mão de obra e expertise com apenas um cliente, é muito importante pensar em dividir a carteira e nunca concentrar mais de 15 ou 20% do seu faturamento em apenas um deles. Se isso acontecer, aumente as vendas e coloque essa diluição como uma meta para um indicador de controle.

Mantenha o foco no crescimento da sua empresa

Esse conselho pode parecer claro, mas vale ressaltar a importância de usar o dinheiro que sua empresa recebe para que ela continue crescendo. Isso significa ter foco no investimento das vendas, entrega do serviço ou desenvolvimento do produto. Tudo o que for além disso pode ser cortado ou deixado para um segundo momento.

Vamos usar como exemplo uma agência de marketing, em que os principais serviços são desenvolver campanhas publicitárias, sites e ações de marketing digital para seus clientes.

Ela precisa investir em marketing para atrair novos clientes, profissionais de qualidade que deixem os clientes satisfeitos e ferramentas que automatizem o serviço, deixando a entrega ainda melhor. Todo o dinheiro investido é usado para garantir o crescimento da empresa.

Se, por outro lado, o dono da agência usasse o faturamento para adquirir uma nova sede, mudar o projeto arquitetônico, comprar computadores de última geração ou contratar novas pessoas sem necessidade, ele estaria prejudicando o crescimento da sua própria empresa.

Seja sempre transparente

Seus colaboradores, fornecedores, clientes e parceiros devem ser valorizados sim, mas na hora correta. Por isso, seja sempre muito transparente. Caso você tenha alguma dificuldade ou problema de caixa, procure aqueles que trabalham com você para entender melhor o que está acontecendo e o que pode ser feito para resolver a situação.

Agora você já sabe que, na verdade, não tem segredo! Para economizar dinheiro e manter todas as suas contas em dia, basta conhecer seu negócio e todos os gastos que giram em torno dele, prever algumas contas que você sabe que vai precisar pagar, focar no crescimento da empresa e sempre contabilizar uma porcentagem do faturamento para a reserva.

E não se esqueça: existem ferramentas que auxiliam na previsibilidade e controle do fluxo de caixa de forma automática, e que possibilitam que você economize tempo, dinheiro e preocupações. A Celero é uma delas e, além de ser uma parceira da Bcredi, ajuda a garantir que você, empreendedor, tenha mais tempo para se dedicar à atividade chave do negócio para construir a melhor estratégia possível para sua empresa.

Sobre a Celero

Oferecemos recursos de um sistema de gestão de alta tecnologia e a capacidade técnica de especialistas da área financeira que acompanham as rotinas diárias de seu negócio.

Acesse aqui e descubra como otimizar o tempo que você gasta com a gestão financeira empresarial.

Julia Broens

Seguidora fiel do mundo financeiro, de inovação e tecnologia, escrever sempre foi uma das minhas grandes paixões. Sou formada em Comunicação Organizacional e acredito que a boa comunicação é fundamental para descomplicarmos o universo financeiro

Visualizar todas as publicações

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *