7 cuidados para você tomar na hora de fazer a reforma de casa

7 cuidados para você tomar na hora de fazer a reforma de casa
Julia Broens

24 de setembro de 2018

Atualizado em: 6 de setembro de 2019

Quem nunca pensou em mudar a cor da parede da sala, trocar o piso da cozinha ou dar uma cara nova para a sala de estar? Antes de fazer a reforma da casa, apartamento ou até mesmo o escritório da sua empresa confira as dicas para que a reforma não vire um pesadelo.

Nada melhor do que o nosso cantinho do jeito que a gente gosta – seja na sua casa ou até mesmo no lugar que você trabalha. Se você pretende fazer uma reforma, é importante tomar alguns cuidados. Do projeto até o cuidado com os móveis, veja como deixar a sua reforma mais descomplicada.

1. Planejamento é fundamental

Antes de colocar a mão na massa, é preciso planejar a reforma. Para isso, faça um cronograma do projeto e defina as etapas . Elenque, também, tudo aquilo que deverá ser feito em cada cômodo.

Dessa maneira, o orçamento pode ser mais assertivo: você sabe o que será necessário de material e mão de obra, e sabe o quanto será gasto.

2. Busque indicações para a obra

Pedir indicações para amigos e conhecidos é uma boa ideia. Assim, você consegue referências de profissionais que trabalhem com reforma e construção e bons locais para comprar materiais de qualidade. Também vale a pena pedir para conhecer obras anteriores, assim você confere a qualidade do trabalho daquele que você pretende contratar.

3. Contrate mão de obra de qualidade

Bons profissionais evitam problemas e os contratempos. Por isso, converse com o profissional sobre a reforma. Outro detalhe importante é contratar certo: o profissional “faz-tudo” pode parecer a melhor opção, mas existem casos em que é preciso ter um especialista – não é qualquer um que consegue fazer um encanamento, por exemplo, então é hora de chamar o encanador.

4. Alvarás ou licenças

Existem alguns projetos que exigem alvará da prefeitura da sua cidade. Para evitar multas ou dores de cabeça futuras, o ideal é verificar com um engenheiro ou arquiteto se existe essa necessidade no seu projeto.

5. Atenção para a estrutura

Se você quer derrubar uma parede, viga, pilar ou laje, cuidado! É preciso ajuda de um profissional da engenharia ou arquitetura para dizer com segurança se pode ser quebrado ou não. Afinal, são partes importantes da estrutura e que sustentam o imóvel. É preciso ter atenção, afinal, assim se evitam rachaduras ou trincas – e, no pior das hipóteses, o desabamento do imóvel.

6. Escolha materiais de construção de qualidade

Nessa etapa do projeto, não adianta economizar. Todo o seu projeto pode cair por água abaixo caso o material de construção não seja de qualidade. Além disso, é importante considerar o material adequado – afinal, você não pode colocar um piso escorregadio no banheiro, por exemplo, não é mesmo?

7. Proteja os seus móveis

Durante a reforma, é normal que os cômodos fiquem cheios de pó e sujeira. Para não estragar os seus móveis, é preciso ter cuidado e proteger tudo, seja guardando em caixas ou envolvendo com plásticos e panos. Afinal, a reforma da casa pode reaproveitar os móveis e utensílios que estão em bom estado.

Depois de ler essas dicas, que tal tirar o sonho da reforma do papel? E se faltar dinheiro para isso, dá para usar o seu próprio imóvel para contratar um empréstimo com taxas baixas de juros e prazos estendidos de pagamento. Faça uma simulação com a Bcredi!

Julia Broens

Seguidora fiel do mundo financeiro, de inovação e tecnologia, escrever sempre foi uma das minhas grandes paixões. Sou formada em Comunicação Organizacional e acredito que a boa comunicação é fundamental para descomplicarmos o universo financeiro

Um jeito descomplicado de você acompanhar as novidades do nosso blog.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *